Dieta sem carboidrato realmente funciona? Saiba aqui

Os carboidratos são grandes vilões para uns, e aliados indispensáveis na dieta de outros. Vamos compreender o que são estes nutrientes e o que é uma dieta sem carboidratos.

  1. Antes de tudo, o que são carboidratos?
  2. Carboidrato é açúcar?
  3. Existem alimentos sem carboidratos?
  4. Quais são os riscos da dieta sem carboidratos?
  5. Como funciona a dieta sem carboidratos?
  6. Dieta sem carboidrato vs. Dieta com baixo teor de carboidrato
  7. Dieta sem carboidrato e Dieta low carb
  8. Então, como montar uma dieta saudável para emagrecer?

Antes de tudo, o que são carboidratos?

Carboidratos são moléculas que podem atuar com função energética ou estrutural, sendo nosso foco com este texto apenas a questão energética, pois essa estará relacionada à forma física e saúde.

São chamados de energéticos porque são usados como combustíveis por nosso organismo durante a realização de atividades físicas, durante a rotina diária, para manutenção das funções vitais e até mesmo pelo sistema nervoso, por exemplo, que utiliza apenas glicose (uma das muitas formas de carboidrato) como energia para seu funcionamento.

O fornecimento de energia pode ser de forma imediata por meio da glicemia sanguínea ou do armazenamento de energia nas formas de glicogênio muscular e hepático.

Carboidrato é açúcar?

Os carboidratos muitas vezes são chamados erroneamente de “açúcar”, e com isso pode haver associação inadequada entre alimentos fontes de carboidratos e “açúcar de mesa”, chamado de sacarose.

Na verdade os carboidratos são uma grande família de moléculas muito diferentes entre si, e essa diferença reflete na forma como nosso organismo os metaboliza, quer dizer, reflete nas respostas de nosso organismo após o consumo dos diferentes alimentos fontes de carboidratos.

Tipos de carboidratos

Há carboidratos digeridos rapidamente e que fornecem energia de imediato, e estes podem gerar uma resposta que permite ao organismo transformá-los em gordura mais facilmente.

Mas há também carboidratos digeridos lentamente (os carboidratos saudáveis), e estes produzem respostas diferentes, não estimulando com tamanha intensidade a transformação do alimento consumido em gordura corporal.

O fato é que a fama de mau que esse nutriente possui é somente pelo fato de as pessoas não saberem controlar sua ingestão, gerando forma física indesejada e problemas de saúde.

Existem alimentos sem carboidratos?

Quase não existem alimentos sem carboidratos, com exceção dos óleos, carnes, ovos, peixes e alguns frutos do mar, e por este motivo fazer uma dieta sem carboidratos por muito tempo é impossível para uma pessoa normal.

Inclusive, caso fosse praticada uma dieta sem carboidratos, isso traria uma série de complicações à saúde, como carências de vitaminas e minerais, desregulação das lipoproteínas HDL, LDL, VLDL, cardiopatias, entre outras tantas.

Por este motivo, podemos afirmar que uma dieta sem carboidratos não funciona, não é saudável, não deve nem ser pensada. O cardápio de uma dieta sem carboidratos não teria legumes, frutas, hortaliças, laticínios… Impossível.

Imagine o cardápio de uma dieta de uma semana sem carboidratos, seria baseado em frango, peixes, alguns frutos do mar, carne vermelha, carne suína, ovos, óleos vegetais e gorduras animais em geral.

Quais são os riscos da dieta sem carboidratos?

Do ponto de vista “fornecimento de energia”, não precisaríamos dos carboidratos, pois podemos encontrar tal energia nas proteínas e gorduras, o problema é que a grande maioria dos nutrientes – vitaminas, minerais, fibras e bioativos – está somente nos alimentos vegetais.

Por esse motivo, as dietas com muito baixo teor de carboidratos e as dietas sem carboidratos não são saudáveis e não podem ser executadas sem orientação nutricional, pois quanto menos alimentos saudáveis fontes de carboidratos na dieta, maiores são as chances de deficiência nutricional.

Como funciona a dieta sem carboidratos?

Uma dieta sem carboidratos poderá ter gorduras e proteínas, estes serão os nutrientes fornecedores de calorias, as fontes energéticas.

Porém, como o nome diz, uma dieta sem carboidratos não pode possuir alimentos que forneçam tais nutrientes.

Pertencentes a esta classe de alimentos podemos citar itens muito presentes na dieta do brasileiro, como legumes, frutas, verduras, leguminosas (família dos feijões), pães, massas, entre outras.

Dieta sem carboidrato vs. Dieta com baixo teor de carboidrato

Não podemos deixar de comentar que algumas pessoas ainda confundem dieta com baixo teor de carboidrato com dieta sem carboidrato – “dieta low carb” não é o mesmo que “dieta no carb”.

Imaginem quão monótona pode ser uma dieta sem vegetais? Por mais que um indivíduo consiga consumir uma dieta sem carboidratos pelo aspecto de palatabilidade, em muito pouco tempo estariam instaladas carências nutricionais.

As dietas com baixo teor, muito baixo teor e sem carboidratos são buscadas na grande maioria das vezes por pessoas que desejam perder peso.

Um dos maiores riscos de se fazer restrições sem controle ou orientação profissional é o efeito contrário, muitos são os casos em que os consumidores de dieta sem carboidratos desenvolvem compulsão alimentar, o que age completamente contra o objetivo da redução de peso.

Dieta sem carboidrato e Dieta low carb

Mas há as dietas com baixo ou muito baixo teor de carboidratos, as chamadas dietas low carb, estas últimas também chamadas de dietas cetogênicas, que podem ter aplicação na prática clínica no tratamento de doenças e na prática esportiva, tendo sido encontrada em pesquisas recentes uma melhora do desempenho esportivo em alguns casos.

O fato é que existem diversas formas de controlar a ingestão de carboidratos, seja ela pela concentração relacionada à quantidade de calorias ingeridas ao longo do dia, seja ela programando diferentes cargas de carboidrato para cada dia da semana de acordo com o planejamento de treino físico.

Sem dúvida nenhuma as dietas low carb são as mais utilizadas em atletas fisiculturistas quando estão em fase de redução da gordura corporal.

Quando falamos em dietas saudáveis, precisamos compreender que necessitamos de carboidratos, proteínas, gorduras, sais minerais, vitaminas, fibras, além de alguns outros nutrientes que nos ajudam a ter mais saúde, os chamados bioativos.

Então, como montar uma dieta saudável para emagrecer?

Em meio a tantos tipos diferentes de dietas, em meio a tantas propostas da indústria alimentícia voltadas para o emagrecimento, uma dúvida é certa: como emagrecer de forma saudável?

Uma dieta saudável deve ter quantidade de calorias suficiente para atender as necessidades do indivíduo de acordo com a sua rotina de vida e características metabólicas, deve ter fibras, vitaminas, minerais e os bioativos comentados anteriormente.

Aqui no Brasil temos uma ferramenta muito importante para a educação nutricional – isso mesmo, para aprendermos a nos alimentar -, e ela se chama “pirâmide alimentar”. Ela forma um guia para executarmos uma alimentação balanceada. Nela você verifica o grupo de alimentos e quantas porções de cada um podem ser consumidas ao dia.

Vejam que na base da pirâmide, o grupo de alimentos indicado em maior quantidade são justamente os carboidratos. Isso porque pode haver grande concentração de nutrientes mesmo na dieta de quem deseja reduzir peso. O segredo para quem deseja perder peso estará na quantidade total de alimentos ingeridos ao longo do dia.

Além de entender melhor os ricos da dieta sem carboidratos, no blog da Growth você tem acesso a conteúdos exclusivos sobre dieta saudável e emagrecimento, como o de cardápio low carb.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *